A lição do bambu chinês

06/11/2013

A lição do bambu chinês

O verdadeiro crescimento é lento, gradual e profundo

bambu chines 01

Depois de plantada a semente deste incrível arbusto, não se vê nada durante aproximadamente 5 anos, exceto o lento desabrochar de um diminuto rebento, a partir da raiz.


Durante 5 anos, o maior crescimento é subterrâneo, invisível a olho nu, isto é… uma raiz maciça e fibrosa vai sendo construída pela natureza, estendendo-se  vertical e horizontalmente sob a terra.

À superfície, apenas uns pequeninos rebentos.

Então, no final do 5º ano, o bambu chinês cresce até atingir  a altura de 25 metros.

Muitas coisas na vida pessoal e profissional são iguais ao bambu chinês. Trabalhamos, investimos tempo, esforço, e, às vezes, parece-nos que não vemos resultados por semanas, meses ou anos.

bambu chines 02

Mas se tivermos paciência para continuar, trabalhando, persistindo, o nosso “5º ano” chegará e, com ele, virão o crescimento e as mudanças que esperávamos…

Nada na natureza acontece saltando etapas.

Tudo tem uma etapa de crescimento, firme e legítima.

O tempo é o nosso marcador implacável…

O futuro, esse, espera-nos de certeza.

Esforço e determinação farão com que cada passinho que dermos nos conduza ao destino maior.

bambu chines 03

Melhoremos sempre, sem queimar etapas… devagar, mas sempre…

e a felicidade espera-nos!!!

 ************************** 

PURIFICAÇÃO

Assim falou INRI CRISTO:

“Quando uma adversidade, um infortúnio suceder em vossas vidas, não lamurieis nem vos volteis contra o CRIADOR, murmurando: ‘Por que isto aconteceu comigo, por que DEUS permitiu que eu passasse por este sofrimento?’ Antes, porém, meditai acerca da justiça divina e confiai no SENHOR, pois, mais adiante, Ele vos mostrará que, ocultas sob aparentes espinhos, repousam as sementes do aperfeiçoamento, evolução e purificação de vossas almas ”.

 

 

Wabi Sabi: A Arte da Imperfeição

01/11/2013

Wabi Sabi: A Arte da Imperfeição

Perceber a beleza que se esconde nas frestas do mundo imperfeito é uma arte. Você conhece aquela história de que os tapetes persas sempre tem um pequeno erro, um minúsculo defeito, apenas para lembrar a quem olha de que só Deus é perfeito? Pois é, a arte da imperfeição começa quando a gente reconhece e aceita nossa condição humana.

wabi sabi 01

Precisamos aprender a aceitar nossas falhas com a mesma graça e humildade com que aceitamos nossas qualidades, a perdoar a nós mesmos. O desejo de acertar sempre impede a evolução e a necessidade de estar no controle aumenta a desordem e o caos.

wabi sabi 02

Wabi sabi é a expressão que os japoneses inventaram para definir a beleza que mora nas coisas imperfeitas e incompletas. O termo é quase que intraduzível: wabi sabi é um jeito de “ver” as coisas através de uma ótica de simplicidade, naturalidade e aceitação da realidade.

 wabi sabi 03

Contam que o conceito surgiu no século 15. Um jovem, Rikyu, queria aprender os complicados rituais da Cerimônia do Chá e procurou o grande mestre Takeno Joo. Para testar o rapaz, o mestre mandou que ele varresse o jardim. Rikyu limpou o jardim até que não restasse nem uma folhinha fora do lugar.

wabi sabi 04

Ao terminar, examinou cuidadosamente o jardim impecável, cada centímetro de areia imaculadamente varrido, cada pedra no lugar, todas as plantas ajeitadas. E então, antes de apresentar o resultado ao mestre, Rikyu chacoalhou o tronco de uma cerejeira e fez caírem algumas flores que se espalharam displicentes pelo chão.

wabi sabi 05

Mestre Joo, impressionado, admitiu o jovem no seu mosteiro. Rikyu tornou-se um grande Mestre do Chá e desde então é reverenciado como aquele que entendeu a essência do conceito de wabi-sabi: a arte da imperfeição.

wabi sabi 06

Os mestres japoneses, com a cultura inspirada nos ensinamentos do taoísmo e do zen budismo perceberam que a ação humana sobre o mundo deve ser tão delicada que não impeça a verdadeira natureza das coisas de se revelar.

wabi sabi 07

Eles perceberam a beleza e elegância que existe em tudo que é tocado pelo carinho do tempo. Uma velha tigela de chá, musgo cobrindo as pedras do caminho, a toalha amarelada, uma única rosa solta no vaso, a maçaneta da porta nublada das mãos que a tocaram…

wabi sabi 08

Wabi sabi é inseparável dos ensinamentos do taoísmo e do zen-budismo:

wabi sabi 09

Na natureza:

Todas as coisas são imperfeitas.

Todas as coisas são incompletas.

A beleza pode estar escondida na feiúra. 

wabi sabi 11

A grandeza existe nos detalhes despercebidos.

Apreciação da ordem cósmica.

wabi sabi 12

A arte da imperfeição é focar no intrínseco, no irregular, no despretensioso, no turvo, no envelhecido, na simplicidade…

Que tal abrir os olhos para o estilo wabi sabi?

 

Fonte: Salisbury University & outros

 

Era uma vez…

25/10/2013

Era uma vez…

Era uma vez um homem simples que…

Montou um negócio e não deu certo em 1831.
Foi derrotado na candidatura a vereador em 1832.
Fracassou em outro negócio em 1834.
A noiva faleceu em 1835.
Teve um ataque de nervos em 1836.
Foi derrotado em outra eleição em 1838.
Foi derrotado para o Congresso em 1843.
Foi derrotado para o Congresso em 1846.
Foi derrotado para o Congresso em 1848.
Foi derrotado para o senado em 1855.
Foi derrotado para a vice-presidência em 1856.
Foi derrotado para o Senado em 1858.
Foi eleito PRESIDENTE DA REPÚBLICA DOS EUA em 1860.
Este homem foi ABRAHAM LINCOLN.

O que você acha que pode… você pode.

O que você acha que não pode… você não pode. 

De qualquer maneira, você está certo. (Henry Ford)

****************************************************

QUAL O TEU SONHO??? Leia e pense nisso!!!

Poucos deixam a escola sonhando em ter uma grande empresa.
Infelizmente, a maioria sonha com um grande emprego.
A educação curricular brasileira é formadora dos “cabeças de empregado”. Eu, você e nossos filhos fomos educados para ter patrão, carteira assinada, FGTS, aposentadoria, enfim, ter “segurança”. Fizeram-nos sonhar, seja na família ou na escola, com aquele empregão no Banco do Brasil, na Petrobrás ou numa grande empresa pública ou privada. Quando é chegada a hora de realizar este sonho de mais de 20 anos, descobrimos que não há mais “empregão” e nem “empreguinho”. A ordem do dia é automação, terceirização, quarteirização, privatização e gestão empresarial na busca da competitividade, na qual o desemprego virou ordem do século XX.

PREGO = utensílio utilizado para pregar, prender ou fixar.
EM + PREGO = aquilo que está preso por prego, está fixado.
EM + PREGA + DO = aquele que está preso a uma relação fixa, pregada, sem liberdade. A escola está centrada na educação “decoreba”, com o grande agravante de penalizar e ressaltar o que o aluno não sabe.

Penso que seria muito mais estimulante se fosse focada no reconhecimento e na exaltação do que o aluno sabe. Até hoje, estão ensinando que o Brasil foi descoberto por Pedro Álvares Cabral no ano de 1500, depois que o curso de suas embarcações foi desviado pelo mau tempo e, quase que por susto, descobriram o Brasil. Não é travada uma discussão séria a respeito do Tratado de Tordesilhas, que seis anos antes já estava assinado entre Portugal e Espanha, os quais sabiam da existência de um novo continente. Observando essas habilidades, você pode fazer um exame de consciência acerca da sua preparação pessoal para ser um empreendedor de sucesso. Se ainda não se sentir à vontade, não tenha pressa, procure desenvolver as habilidades que ainda lhe faltam. É mais inteligente aguardar e se preparar melhor para enfrentar os desafios de ser um empreendedor. O Dr. Keven fez uma pesquisa, nos Estados Unidos, com crianças de 3 anos de idade e chegou à conclusão de que mais de 90% tinham o QI – quociente de inteligência – acima da média. Poderiam ser consideradas gênios. Medindo o QI de jovens de 20 anos de idade, vários deles universitários, ele – pasmem! – chegou à conclusão de que apenas 2% ainda se mantinham gênios. Desses estudos, ele concluiu que a escola “emburrece” os alunos. Tenho sugerido que se mude o nome de “aluno” para “paciente”. Para agüentar as “neuras”, as crenças, os fricotes e os paradigmas dos professores e das escolas, só mesmo com muita paciência. A escola está preparando um objeto não identificado para a sociedade. O mercado demanda profissionais com boa auto-estima, com energia, com coragem para tomar decisões e empreender. E a escola entrega ao mercado um medroso, um “cabeça de empregado”, que desconhece os princípios da qualidade, da produtividade, do empreendedorismo e da competitividade, que não tem coragem nem para mudar a própria vida.

Juscelino Kubitschek era filho de uma costureira; Abraham Lincoln, lenhador; Sílvio Santos, camelô; Pelé foi vendedor de jabuticabas; Onassis catou pontas de cigarro em Buenos Aires para começar sua indústria de tabaco. Esses são alguns dos homens que devem seu sucesso às adversidades e turbulências que enfrentaram na vida.

Aí, comecei a ouvir do povo: pai rico, filho nobre, neto pobre.

O pai trabalha, o filho come e o neto passa fome. Thomas Edison, inventor da lâmpada elétrica, possui mais de mil patentes e inventos registrados em seu nome. Sabe quanto tempo ele teve de escolaridade? Três! Não foram três anos, não! Foram apenas três meses! Um dia, ele chegou em casa com um bilhete da professora para sua mãe.
– Eu lamento, minha senhora, mas o Thomas, seu filho, é pouco inteligente e tem uma deficiência que não lhe permitirá aprender como as outras crianças. Desculpe, mas ele não pode mais freqüentar nossa escola.
A mãe, no seu amor infinito, consciente da sua missão, disse a ele:
– Meu filho, você tem um QI muito elevado. Sua professora não tem capacidade intelectual para lhe ensinar. A partir de hoje, você não mais irá à escola – eu serei sua professora. Lembre-se daquelas gravações ouvidas quando era criança, comentadas anteriormente: “Isto não é para você!” “Você não pode!”
“Você não é capaz!” “Você não…”? Agora, pode promover uma grande mudança na sua vida. Como seu subconsciente é um gravador, registre, por cima dessas mensagens indesejáveis, mensagens positivas, sadias, felizes, que o levem ao sucesso e à prosperidade:

Eu sou capaz!
Eu sou disciplinado!
Eu sou rico!
Eu sou próspero!
Eu sou feliz!
Eu sou…

************************************

O REI E O SÁBIO 

Autor desconhecido

Era uma vez… Um rei que morava num riquíssimo castelo.

Um dia, levantou-se apavorado. Havia tido um sonho terrível no qual teria perdido de uma só vez todos os dentes. Preocupado, ordenou:
– Chame o meu melhor sábio.
Em poucos minutos, lá estava o sábio diante do rei. Após contar-lhe o sonho terrível, ordenou-lhe:
– Diga-me, sábio, o que significa esse meu sonho?
O sábio pensou… pensou… pensou… e, virando-se para o rei, disse-lhe:
– Majestade, vai acontecer uma desgraça na sua família. Uma doença terrível vai invadir o castelo e morrerá o mesmo número de parentes tanto quanto for o número de dentes perdidos em seu sonho.
O rei, furioso, ordenou ao seu comandante da guarda que amarrasse o sábio no toco e lhe desferisse cem chibatadas diante de todos os súditos.
– Chame outro sábio, este é um idiota – ordenou aos gritos.
Logo, logo, lá estava o outro sábio diante do rei. Contando-lhe todo o sonho terrível, ordenou-lhe:
– Diga-me, sábio, o que significa esse sonho?
O sábio pensou… pensou… pensou… e, olhando nos olhos do rei deu um sorriso largo, disse:
– Vossa Majestade é realmente um iluminado, um protegido por Deus. O número de dentes que sonhou perder será o mesmo número de familiares que morrerão vítimas de uma doença terrível.
Mas, apesar de toda a desgraça do castelo, Vossa Alteza irá sobreviver são e salvo.
O rei, feliz da vida, ordenou que lhe entregassem cem moedas de ouro. A vida é uma grande charrete.
Os que pensam vão tocando.
Os que não pensam vão puxando.
E a charrete segue andando, com a minoria tocando e a maioria puxando.

*************************************

Era uma vez… Um jornal líder de mercado de uma grande cidade.
Por volta das dezessete horas, o jornal do dia seguinte estava sendo impresso a todo vapor, quando a máquina principal parou.
Imediatamente, foi chamada a equipe de manutenção. Mexeram, mexeram, e nada de conseguirem fazer a máquina funcionar. Já eram quase vinte horas, e o diretor, irritado, mandou chamar um engenheiro para resolver o problema, já que aqueles técnicos estavam trabalhando há três horas sem sucesso. O engenheiro chegou, mexeu, mexeu e remexeu, e nada da máquina funcionar. Desesperado, o diretor mandou chamar o engenheiro construtor da máquina, pois já era quase meia-noite e ela continuava parada. O mestre chegou, observou, observou, andou em volta da máquina, fez várias perguntas para os técnicos e para o engenheiro acerca do que haviam feito para solucionar o problema e, após alguns minutos, perguntou:
– Por favor, vocês têm aí uma chave de fenda?
– Aqui está, falou um dos técnicos, já entregando a ferramenta ao mestre.
O mestre, de forma profissional e sábia, foi até um dos parafusos da caixa central de comandos, deu nada mais que duas voltas apertando-o. Foi tiro e queda, a máquina entrou em funcionamento
como num passe de mágica. Foi uma alegria geral. O diretor, então, chamou o mestre para a sua sala a fim de efetuar o pagamento pelo serviço prestado:
– Quanto é o seu serviço?
– Dez mil reais, disse o mestre prontamente.
– O quê? Deeeeeez miiiilllll reais, para apertar um parafusiiiiinho?
Isto é um absurdo!… Você ficou looouco?
– Não, doutor, para apertar o parafuso eu cobrei um real. Os outros nove mil novecentos e noventa e nove reais são pelos trinta anos de estudos e experiências que eu gastei para saber qual parafuso apertar. Se andássemos pela História e perguntássemos onde está Deus, veja o que muitos responderiam:

Adão: Ele está lá no Paraíso, de onde fui expulso.
Abraão: Ele está na Montanha, onde eu ia sacrificar meu filho Isaac.
Moisés: Ele está no Monte Sinai, onde me confiou os dez mandamentos.
Salomão: Não sei. Eles destruíram o templo onde Ele estava e agora não sei para onde deve ter ido.
João Batista: Ele está na Galiléia. Ele é meu primo.
Jesus Cristo: Deus está no Céu, e o reino dos Céus, está dentro de você. Se você se revoltar com sua condição atual de vida, jamais conseguirá reverter o quadro e dar uma guinada na direção da prosperidade. É condição sine qua non você aceitar e agradecer o momento atual. As pessoas querem que as coisas boas sejam de sua responsabilidade. As coisas ruins serão culpa dos outros: governo, cônjuge, pais, patrão, enfim, deles. Eles são os únicos culpados pelas coisas ruins que ocorrem conosco. Crie o hábito de dizer: Muito obrigado! Tenho certeza de que, apesar de todos os seus problemas, existem milhares de pessoas pelo mundo que estariam dispostas a trocar de vida com você. Você trocaria?…

Quem não sabe o que procura não entende o que encontra. De nada valem suas conquistas, se você não tem com quem compartilhá-las.

 

Em busca de sentido – Viktor E. Frankl

15/10/2013

Em busca de sentido – Viktor E. Frankl

em busca de sentido viktore frankl

Clique na imagem e confira o livro em .pdf

Os dogmas são os cadeados do raciocínio

04/10/2013

Os dogmas são os cadeados do raciocínio

Albert Einstein – Alemanha

1879 – 1955, Físico, Teoria da Relatividade

A Falsa Sabedoria Política 

É reduzido o número daqueles que vêem com os seus próprios olhos e sentem com o próprio coração. Mas da sua força dependerá que os homens tendam ou não a cair no estado amorfo para onde parece caminhar hoje uma multidão cega. 

Quem dera que os povos vissem a tempo, quanto terão de sacrificar da sua liberdade para escapar à luta de todos contra todos! A força da consciência e do espírito internacional demonstrou ser demasiado fraca. Apresenta-se agora superficialmente enfraquecida para consentir a formação de pactos com os mais perigosos inimigos da civilização. Existe, assim, uma espécie de compromisso, criminoso para a Humanidade, embora o considerem como sabedoria política. 


Não podemos desesperar dos homens, pois nós próprios somos homens.

Albert Einstein, in ‘Como Vejo o Mundo’

********************************

“… ao contrário do que muitos acreditam, o fato determinante que diferencia o homem dos outros animais não é a inteligência. Inteligência não é uma coisa muito presente no ser humano. O que fez do homem o ser dominante no planeta foi sua capacidade de FAZER COISAS, simples e complexas, e muitas vezes BURRAS”. Gilmar

********************************

Fernando Pessoa – Portugal

1888 – 1935, Poeta 

Catolicismo e Comunismo 

Ao contrário do catolicismo, o comunismo não tem uma doutrina. Enganam-se os que supõem que ele a tem. O catolicismo é um sistema dogmático perfeitamente definido e compreensível, quer teologicamente, quer sociologicamente. O comunismo não é um sistema: é um dogmatismo sem sistema — o dogmatismo informe da brutalidade e da dissolução. Se o que há de lixo moral e mental em todos os cérebros pudesse ser varrido e reunido, e com ele se formar uma figura gigantesca, tal seria a figura do comunismo, inimigo supremo da liberdade e da humanidade, como o é tudo quanto dorme nos baixos instintos que se escondem em cada um de nós. 

O comunismo não é uma doutrina porque é uma antidoutrina, ou uma contradoutrina. Tudo quanto o homem tem conquistado, até hoje, de espiritualidade moral e mental — isto é de civilização e de cultura —, tudo isso ele inverte para formar a doutrina que não tem.

Fernando Pessoa, in ‘Ideias Filosóficas’

********************************

“Os dogmas são os cadeados do raciocínio”. INRI CRISTO

 

A Casa do Amor

09/09/2013

A Casa do Amor

 a casa do amor 01

O PORÃO

Pode ser um lugar bastante triste e seu ambiente sempre nos afeta. Quando estamos no porão estamos profundamente infelizes. Achamos que o mundo está contra nós. Mesmo as pessoas mais próximas viram inimigas. O objetivo da nossa permanência no porão é aprender a reconhecer as coisas que precisam ser curadas em nós e entender de que forma contribuímos para nossa própria infelicidade.

Enquanto estamos no porão não fazemos idéia de que precisamos curar alguma coisa, o problema é com os outros, não conosco. No porão precisamos olhar os relacionamentos que estão à nossa volta como um reflexo de nós mesmos, para que possamos descobrir o lugar que queremos ocupar em qualquer relacionamento. A única maneira de fazer isso é dispondo-se a fazê-lo.

Temos que estar dispostos a liberar as coisas que não estão funcionando, abrindo-nos para escutar as verdades que não quisemos ouvir até agora. Os dispositivos indispensáveis para sair do porão são:

VONTADE E DISPOSIÇÃO!

O PRIMEIRO ANDAR

O primeiro andar da vida é o lugar onde moramos quando sabemos que precisamos nos curar, mas ainda não sabemos exatamente o quê há de errado. Durante essa fase admitimos que estivemos envolvidos em relacionamentos e situações que nos deixaram infelizes e, em vez de culpar outras pessoas, olhamos para nós mesmos. 

a casa do amor 02

Começar o questionamento dá início ao processo de cura. Fazer perguntas significa abrir-se para respostas e estar em busca da verdade. Este pode ser um lugar assustador, porque é no primeiro andar que devemos admitir: “Sei que contribuí de alguma forma para minha própria infelicidade, mas não sei como e nem por quê”. Os dispositivos para sair do primeiro andar são:

VERDADE E RESPONSABILIDADE!

a casa do amor 03

O SEGUNDO ANDAR

O segundo andar da casa do amor é o mais importante de todos, pois nele se inicia um nível mais profundo de aprendizado. A primeira, última e única lição que você tem que aprender neste andar é: “ Não Existe nada errado comigo ou com as outras pessoas”.

Agora você entende que todas as experiências, todos os relacionamentos, todos os acontecimentos dolorosos ou constrangedores foram necessários para o seu crescimento. Irá descobrir que Deus sempre amou e irá amar você, não importa o que tenha feito ou o que possa fazer. E você descobre isso quando percebe que só o amor de Deus poderia ter retirado você do porão.

Renunciar é o detergente espiritual para o trabalho que você tem que fazer neste andar. A renúncia funciona melhor quando usada junto com o perdão. No segundo andar, você está realmente mudando do modelo passivo/agressivo para uma abordagem receptiva/ativa. Tendo se livrado de grande parte das bugigangas mentais, pode agora ouvir seus próprios pensamentos e escutar outras pessoas. Os dispositivos para sair do segundo andar são:

RENÚNCIA E PERDÃO

Agora você está a caminho de descobrir a verdade sobre si mesmo. A esta altura saberá o que está errado e o que fazer a respeito. Isso por si só já é difícil, mas existe outro problema: ao subir do segundo andar para o terceiro, cada vez que aplicar o que sabe, irá surgir outra situação para testar sua confiança e paciência.

a casa do amor 04

O TERCEIRO ANDAR

O que faz a experiência da passagem do segundo andar para o terceiro mais desafiadora é o fato de cada degrau entre os dois andares estar coberto por suas experiências. Você deve aprender que :

“AMAR A SI MESMO É A ÚNICA COISA IMPORTANTE, PORQUE QUANDO NOS AMAMOS PODEMOS AMAR A TODOS E A QUALQUER UM”.

Nesta parte da viagem, a tentação de desistir aparecerá muitas vezes. Você vai querer reclamar, emburrar, voltar atrás… Não desista, pois você já percorreu uma grande parte do caminho, tenha paciência e continue em frente. Nesses momentos seu equipamento parecerá precário, mas tenha certeza de que você chegará lá. E um dia quando você menos esperar, verá a luz. Irá experimentar o explendor de morar no terceiro andar da casa do Amor. Sentirá paixão por si mesmo e pela vida. Você conseguiu! Ainda que a cura não seja completa, sabe o que fazer, como fazer e por que é necessário manter o amor no centro de tudo.

Começará a ensinar as pessoas o que aprendeu, compartilhando suas histórias pessoais sem medo do que possam pensar de você. Perceberá que enquanto estava aprendendo, lembrando e recriando suas idéias a respeito do amor, o amor estava ao seu lado ouvindo-o, observando-o… Vai descobrir que o seu papel na vida é servir ao próximo e, ao mesmo tempo gostar de si mesmo.

Muitas pessoas se tornam moradores permanentes do terceiro andar. Isso é perfeitamente aceitável. Você pode morar nesse lugar e nesse estado de consciência durante muito tempo e sentir total satisfação. Mas, um dia irá perceber que existe um andar acima e que a única coisa que precisará fazer para subir é uma ligeira mudança. Terceiro andar:

CONFIANÇA E PACIÊNCIA!

O SÓTÃO

O sótão da casa do Amor é como a consciência das crianças, que vivem totalmente confiantes,aceitando a si mesmas e aos outros. No sótão, nos comprometemos a mudar nossa consciência para um estado de amor, amor-próprio incondicional. Neste nível de seu desenvolvimento,você limpou tão bem o seu subconsciente, que não importa o que você pense, o amor irá se manifestar.

a casa do amor 05

Você estará em boa companhia, terá muito apoio e proteção. Este é o reino do “Espírito”. É a mais alta faculdade da sua mente. Quando você ultrapassa todas as suas questões humanas e chega a este nível de consciência, você se tornou a “luz do mundo”.

Faça de tudo o que estiver ao seu alcance para deixar brilhar a sua luz! 

Baseado no livro “Enquanto o amor não vem”, autoria de Iyanla Vanzant.

*******************************

Assim falou INRI CRISTO:

“(…) O ser humano é semelhante a uma casa na qual o sol bate todos os dias. Na casa que se encontra completamente fechada o sol é impedido de entrar, aquecendo, assim, tão somente o exterior. Na casa cujas janelas e portas estão abertas o sol entra e aquece todo o interior (…) Assim é o meu amor pelos meus filhos: o meu amor está sempre ao vosso alcance. Só depende de vós para ele entrar na vossa casa, que é vosso corpo, e vos aquecer por inteiro (…).”

INRI ensina, outrossim, que a Casa do SENHOR é toda a criação, do macrocosmos, que corresponde ao Universo, ao microcosmos, que corresponde, por exemplo, ao organismo humano (…). Sendo que, tanto os elementos que compõem o macrocosmos como os que compõem o microcosmos estão interligados (…). A criação inteira, desde o imensuravelmente grande ao imensuravelmente pequeno, foi feita para funcionar harmoniosamente, regida pela perfeita lei divina. Equilíbrio e harmonia são a manifestação da perfeição. Por este motivo INRI CRISTO disse quando se chamava Jesus: “Sede, pois, perfeitos, como também vosso PAI Celeste é perfeito” (Mateus c.5 v.48). A fim de se coadunarem com o CRIADOR e agradar aos seus santos olhos, os seres humanos devem viver em equilíbrio e harmonia. Assim serão dignos de integrar o Éden e de serem chamados de filhos de DEUS.

 “Um dia todas as almas provenientes de DEUS, após completarem seu ciclo de evolução, voltarão a ser com Ele uma só coisa, no gozo eterno e na paz eterna, até porque o planeta terra é finito e não irá durar para sempre. É como se cada alma fosse uma molécula no mar da existência, isenta de personalidade, ego, identidade. Todas as moléculas juntas formam um imenso mar, todas juntas, em perfeita harmonia. Essa é uma forma metafórica de dizer, mas é mais ou menos assim que acontece quando as almas regressam ao seio do PAI”.

INRI CRISTO

Fontes: DESPERTADOR 1 ª e 3ª parte

 

O ódio

18/08/2013

O ódio

O ódio não constrói, e sim, destrói…

PARA REFLETIR…

O garoto chega em casa pisando forte e diz ao pai:

– Estou com muita raiva do Lucas, papai! Ele me envergonhou na escola e agora eu desejo tudo de ruim pra ele!

O pai então o leva até o quintal, com um saco de carvão e diz:

– Filho, quero que jogue os pedaços de carvão naquela camisa branca que está pendurada no varal, como se ela fosse o Lucas.

O filho sem entender, mas empolgado com a brincadeira, faz o que o pai pediu.

Ao final, o garoto diz estar feliz por ter sujado uma parte da camisa, como se fosse o coleguinha.

O pai então o leva diante do espelho e para a surpresa do garoto, a aparência dele era tão preta, que mal conseguia enxergar os próprios olhos. O pai então concluiu:

– Veja meu filho, o mal que desejamos aos outros é como esse carvão. Ele pôde até sujar um pouco da camisa, mas na verdade o maior prejudicado foi quem o jogou.

Não vale a pena alimentar o ódio, ele penetra como uma doença no coração do homem. Corrói, destrói e o deixa em ruínas.

o odio

 

 

DEUS…

14/08/2013

DEUS…

Na fadiga dos nossos dias, frequentemente esquecemo-nos de elevar uma prece ao Senhor, mas geralmente não nos esquecemos de verificar o nosso e-mail.

Por esta razão, tomei a liberdade de criar uma de tantas apresentações que nos fazem recordar Deus e fazer uma pequena oração…

Não te apoquentes… só tomará uns minutos.

meu_deus_01


Meu Deus…

Ajuda-me a dizer a palavra da verdade na cara dos fortes,

e a não mentir para obter o aplauso dos débeis.

 

meu_deus_02

Se me dás dinheiro, não tomes a minha felicidade,

e se me dás forças, não tires o meu raciocínio.

meu_deus_13

Se me dás êxito,

não me tires a humildade

se me dás humildade, 

não tires a minha dignidade.

meu_deus_04

Ajuda-me a conhecer a outra face da realidade,

e não me deixes acusar os meus adversários, apodando-os de traidores, porque não partilham o meu critério.

Ensina-me a amar os outros como me amo a mim mesmo,

e a julgar-me como o faço com os outros. 

meu_deus_05

Não me deixes embriagar com o êxito,

quando o consigo,

nem a desesperar, se fracasso.

meu_deus_06

Sobretudo, faz-me sempre recordar que o fracasso

é a prova que antecede o êxito.

meu_deus_07

Ensina-me que a tolerância é o mais alto grau da força

e que o desejo de vingança 

é a primeira manifestação da debilidade.

meu_deus_08

Se me despojas do dinheiro, deixa-me a esperança,

e se me despojas do êxito,

deixa-me a força de vontade para poder vencer o fracasso.

meu_deus_09

Se me despojas do dom da saúde,

deixa-me a graça da fé.

meu_deus_10

Se causo dano a alguém,

dá-me a força da desculpa,

e se alguém me causa dano,

dá-me a força do perdão e da clemência.

meu_deus_11

Meu Deus…

se me esquecer de Ti,

meu_deus_12

Tu não Te esqueças de mim !

Amen!

MAHATMA GANDHI


meu_deus_14

Agora, é a tua vez…

Se lhe aprouver, partilha esta mensagem com os teus amigos.

Que tenhas um belo dia!

O que é a razão?

26/07/2013

O que é a razão?

Entende-se por razão a faculdade do ser humano de raciocinar, discernir, compreender, ponderar. Assim, considerando a sua relevância,  convém analisar quais os principais motivos que levam o ser humano a desvencilhar-se da razão, e ainda, a nascer e renascer sem ao menos conhecê-la.

 

Por vezes é levantado um antigo e histórico paradoxo entre a razão e a emoção, o que normalmente causa polêmica durante os mais distintos colóquios. Nesse sentido, vale lembrar a conhecida frase, que, outrossim, causa controvérsias: “O coração tem razões que a própria razão desconhece”. Eis o que acontece nas mais diversas situações, uma vez que ao ouvir somente a voz do coração, da emoção, olvidando-se da realidade, o ser humano desequilibra-se, passa a viver de fantasias e ilusões.

 

Há casos em que desde a infância vive-se num mundo de sonhos, dessa forma, não havendo crescimento espiritual, o ser passa pela vida desconhecendo a razão e a experiência que ela ter-lhe-ia proporcionado. Mas, então, sonhar não é lícito? Claro que sim! Todavia, é mister que haja orientação, planejamento, estudo, conhecimento a fim de concretizar os sonhos, as aspirações, lembrando-se sempre: Seja qual for a sua meta, busque antes saber se ela condiz com a realidade, e acima de tudo, com a verdade.

 

Num outro parâmetro, diz-se que “O sono da razão produz monstros”, todavia, através de uma análise lógica, sabe-se que a razão em si jamais adormece. Na verdade, o que adormece é a capacidade de raciocinar da mente humana, de conscientizar-se espiritualmente. Além disso, uma mente adormecida é parcialmente ineficiente, uma vez que produz sonhos ilusórios, levando o ser humano a sentir medo da dor e da realidade, sendo desprovido de determinação e capacidade de decisão. Logo, quem se enveredou por esse caminho, não se tornou um monstro, porém, corre o risco de viver possuído por ele, tendo-o aceitado por não haver raciocinado.

 

INRI CRISTO ensina que nada acontece na Terra sem o consentimento de DEUS, assim, tudo tem uma razão de ser. E novamente ela, a razão, entra em cena levando-nos a refletir sobre a vida… A vida só vale a pena ser vivida com os “pés no chão”, mantendo a mente livre de ilusões, buscando a evolução espiritual a cada instante, caminhando passo a passo em direção a DEUS, o SENHOR do Universo, da vida, e obviamente, da razão.

 

Por fim, buscar pela razão não significa “ter razão” em todos os momentos, e sim, conhecê-la e compreendê-la profundamente, mesmo que seja necessário despir-se de opiniões e tradições que estejam incrustadas no espírito, por terem sido absorvidas desde a mais tenra idade…

 

Deveras relevante é o despertar da razão em seu íntimo, deixando-a transparecer em seus atos e palavras, num equilíbrio pleno com o coração… assim inicia-se a descoberta da razão transcendental, que rege a vida e o Cosmos.

 

 

 

O Poder e o Dever – Dr. Elias Mattar Assad

17/06/2013

O Poder e o Dever – Dr. Elias Mattar Assad

REPASSANDO…

“Leiloa-se o poder e o dever…

“Quem dá mais?” Estão expostas algumas chagas nacionais com utópicas propostas de resolução de quinhentos e tantos anos de problemas acumulados. Eclodem espetáculos midiáticos processuais, judiciais e parlamentares, prisões, sugestões para reformas disto ou daquilo, referendo popular, entre “messianismos” outros, em espécie de “novo preparo” para vivermos, em breve, um “mundo melhor”…


Tarefa fácil aos parlapatões falar de “futuro” para enfurecidos e desiludidos eleitores do presente. O porvir, por si só, entorpece evocando esperança (que é a felicidade em perspectiva) e não há ser humano que não a tenha. Bastam algumas encenações dessa ordem, como “anestésico”, quando momentos de escolhas se aproximam. A verdade do hoje é incômoda e não se apresenta como assídua frequentadora dos meios eleitorais e midiáticos. Por outro turno, vozes do povo, induzidas, nem sempre refletiram acertos, tanto que lá pelas tantas escolheram Barrabás. 

Muitos cientistas e analistas políticos estão ansiosos a imaginar o que vamos ter nos horários políticos, em rádios e televisões, nas próximas eleições e sobre isto debruçam-se marqueteiros de todos os quilates.Quais propostas, discursos, argumentos persuasivos, com que caras e expressões virão, mais uma vez, esses hábeis senhores feudais e seus seguidores… Será que nosso modelo democrático centrado em paternalismos refletirá a vontade popular? Em bom direito, fraude, dolo, simulação, coação e erro sempre figuraram como elementos que viciam atos jurídicos em geral. Votar é um ato humano, como qualquer outro, sujeito aos mesmos problemas… Ao contrário do que muitos apregoam atualmente, o dinheiro do plebiscito do desarmamento (lembrem que o resultado surpreendeu os detentores do poder) foi muito bem investido, por ele ficou demonstrado que o brasileiro, aos poucos, vai descobrindo que uma grande rede de televisão é apenas uma empresa de comunicação com seus interesses próprios. Que artistas de novelas, apresentadores de telejornais, humoristas (que, aliás, estão nos fazendo rir ou chorar menos que certas personalidades), cantores e compositores, são apenas isto! Ficou evidenciado enfim, que a grande massa está se politizando, refletindo e colocando o governo e o Estado nos seus devidos lugares… Quanto mais agora, com as ferramentas das redes sociais. Precisamos evoluir ainda mais. As autoridades responsáveis pelos processos eleitorais continuam minimizando fatores capazes de viciar impunemente quaisquer pleitos, que são os candidatos e eleitores corruptos, corrompidos e seus mercenários intermediários. Misteriosamente intacto o relevantíssimo tema das condutas daqueles que vendem seus votos em troca de valores, favores (inclusive estatais) ou dos que aceitam tais propostas, em meio a nossos folclóricos mercadores denominados “cabos eleitorais”, que leiloam seus apoios e garantem aos candidatos que angariam um número X de votos. Curiosamente, tais imoralidades sempre restam impunes quando são tão ou mais perniciosas que as condutas dos políticos “compradores” do poder.

Precisamos de bons semeadores, boas sementes e solo fértil para boa colheita, e isto não nos falta. Tudo o que deriva de métodos imorais ou criminosos, não produz bons resultados. Colherá a nação os frutos dos engodos semeados por seus maus políticos que não se importam minimamente com o sangrar da cidadania… Maravilhoso ver jovens em seus aparelhos celulares e afins trocando informações e discutindo administração pública. A época da desinformação ficou no passado!”

 Fonte: http://www.facebook.com/elias.mattarassad?fref=ts