Veneno fatal: Reflitam antes de comer camarão…

Veneno fatal: Reflitam antes de comer camarão…

13/11/2013

PARA CONHECIMENTO E DIVULGAÇÃO – UTILIDADE PÚBLICA

Em Taiwan, uma mulher morreu de repente com sinais de hemorragia em seus ouvidos, nariz, boca e olhos. Depois de uma autópsia preliminar, foi diagnosticado como “causa mortis” envenenamento por arsênico. Mas qual foi a origem do arsênico?

A polícia, então, iniciou uma profunda e extensa investigação.

Um professor de medicina foi convidado para ajudar a resolver o caso. O professor cuidadosamente examinou os restos existentes no estômago da vítima, e, em menos de meia hora, o mistério foi elucidado.

O professor disse: “O óbito não se deu por suicídio nem por assassinato, a vítima morreu acidentalmente por ignorância! O arsênico foi produzido no estômago da vítima”.

A vítima tomava Vitamina C todos os dias, que por si só não é nenhum problema.

O problema é que ela comeu uma quantidade grande de camarão no jantar.

Entretanto, na mesma ocasião, a vítima também tomou Vitamina C; é aí onde reside o problema.

Pesquisadores da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, descobriram através de experiências, que alimentos, como camarão “casca mole” contem alta concentração de compostos de 5-potássio, arsênico.

Tais alimentos frescos, por si só, não são tóxicos para o corpo humano!

Entretanto, ao ingerir a Vitamina C, devido a uma reação química, o inicialmente não tóxico 5-potássio-arsênico (anidrido também conhecido como óxido arsênico, As2O5) se converte no tóxico 3-potássio- arsênico (ADB anidrido arsênico), também conhecido como trióxido de arsênio (As2O3), que é popularmente conhecido como arsênico !

Dessa forma, como medida de precaução, NÃO coma camarão quando ingerir Vitamina C.

VITAMINA C  +  CAMARÃO = VENENO FATAL

Depois de ler isto, por favor,  encaminhe este texto a tantos quanto puder.

 
Ana Lúcia da Silva Lages
Médica do Hospital São Luiz/SP – Repassando, pois acho bom que todos tomem conhecimento.

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *