Filme: Soylent. Green ( À Beira do Fim – No mundo de 2020)

Filme: Soylent. Green ( À Beira do Fim – No mundo de 2020)

15/10/2013

Parte 01:

Soylent.Green ( À Beira do Fim – No mundo de… por assinoe

 

Parte 02:

Soylent.Green ( À Beira do Fim – No mundo de… por assinoe

 

Este filme é visionário, e retrata bem a realidade do que poderá acontecer no ano de 2020 no que concerne a alimentação.

 

Comentário de Arnaldo Jabor:

 

“Amigos ouvintes, pouca gente se lembra de um filme americano de 1973 dirigido por Richard Fleischer chamado Soylent Green, muito bem, foi um filme de ficção científica passado no ano futuro de 2022 que não está mais tão longe. O filme trata de uma época de grandes crises ecológicas do futuro foram acabando com a produção de alimentos no planeta, junto com as destruições de florestas, rios e geleiras, oque aliás, já acontece e que não está mais tão longe. No filme, neste filme a humanidade se alimenta de compostos artificiais de comidas sintéticas das quais a mais procurada era uma espécie de biscoito de alta potência energética chamada Soylent Green. O filme tem muitas peripécias com Charlton Heston e Edward G. Robinson, mas o final é nos interessa aqui… quando chega o clímax o herói descobre apavorado que Soylent Green é fabricado com carne reprocessada de cadáveres humanos, com tanta escassez de flora e fauna no futuro, os homens tiveram que se alimentar da carne de si mesmos num ciclo sem fim de morte e vida, por que que eu falo isso, porque a barra está pesando pra milhões de pessoas que moram na África, Ásia, nas periferias latinas em suma, além das terríveis previsões climáticas há a fome que pode virar uma terrível tragédia global .  Mas antes da tragédia, vejam só o que a ONU está propondo… a FAO, uma organização da ONU para agricultura e alimentação publicou um estudo sobre a importância da fonte de proteínas que os insetos podem trazer para nós, e já tem muita gente se preparando pra abastecer esse novo mercado que surge nas brechas de um mundo em crise alimentar. Mais de 1500 espécies de insetos já são comidos em muitas culturas… besouros, lagartas, abelhas, vespas, grilos , gafanhotos; teve um cara aqui no Brasil que deu uma entrevista e disse que já vende baratas desidratadas em farinha e custa 100 reais o quilo, ou seja, “baratas caras”. Ele fala também dos gostos, segundo ele o mais gostoso é uma larva de besouro chamada tenébrio, fica uma delícia fritinha no alho e óleo; macarrão com grilo é ótimo e a nossa querida barata, segundo ele, fica ótima com azeite pra ser servida como canapé, e grilo com chocolate é o que as crianças mais amam. E já tem muita gente aqui há muito tempo comendo tanajura frita no Nordeste e nos morros é sabido que se comem normalmente ração de cachorro, em suma, enquanto não chega os biscoitos de cadáveres o Soylent Green, vamos comer  os insetos como aperitivos, entradinhas, legal né amigos ouvintes!?”

 

Eis o áudio do comentário de Arnaldo Jabor: http://goo.gl/yWfqNY .

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *