Piadas: Custos relativos – O bom dos remédios – Perigo

19/11/2012

Piadas: Custos relativos – O bom dos remédios – Perigo

Custos Relativos

 

Isaac chega no bar e pergunta:

 

– Quanto custa o cafezinho?

 

– Cinquenta centavos – responde o balconista.

 

– E o açúcar?

 

– O açúcar é de graça.

 

– Então me vê dois quilos!

 

 

O Bom dos remédios

 

Um homem declara ao Sr. Bronstein:

 

– Eu não acredito em remédios.

 

– Pois a mim, meu amigo, os remédios fizeram muito bem!

 

– Verdade? E o que o senhor tinha?

 

– Uma farmácia.

 

 

Perigo

 

Na biblioteca da prefeitura, Sarinha lê um livro com estatísticas sobre natalidade e mortalidade infantil. Espantada com os números, não consegue conter-se e pergunta à pessoa que está ao seu lado:

 

– O senhor sabia que, a cada vez que eu espirro, morre uma criança?

 

– É mesmo? E já experimentou escovar os dentes?

 

 

Fonte: As melhores piadas do humor judaico – volume 2 / Abram Zylbersztajn.

Piada: Perdas e Danos

27/11/2012

Piada: Perdas e Danos

Isaac, um típico novo-rico, sofre um terrível acidente com sua Mercedes. Sai do carro todo ensanguentado e aos berros:

 

– Mas que desgraça! Olha só o que aconteceu com a minha Mercedes novinha!

 

O bombeiro que o socorria não se conforma.

 

– O senhor sofre um acidente desses, tem o braço amputado e ainda está preocupado com o carro?!

 

Só então que ele se dá conta de que tinha perdido um braço:

 

– Ai, ai, ai, meu Rolex!!!

 

Fonte: As melhores piadas do humor judaico – volume 2 / Abram Zylbersztajn.

 

 

Piadas: Dose Dupla – No escurinho do cinema – O Preço

21/11/2012

Piadas: Dose Dupla – No escurinho do cinema – O Preço

Dose Dupla

 

O mendigo um dia postou-se à porta da sinagoga com dois chapéus, um a dois metros do outro. Ao sair, o rabino vê aquilo e pergunta, intrigado, o motivo.

 

– É que os negócios andam meio devagar, rabino, e então resolvi abrir uma filial!

 

 

No escurinho do cinema

 

Dona Sara reclama para uma amiga:

 

– Detesto ir ao cinema! Fica sempre um homem gordo sentado ao meu lado!

 

– E por que você não muda de lugar?

 

– Não posso. É o meu marido.

 

 

O Preço

 

Jacozinho um dia pergunta:

 

– Pai! Quanto custa se casar?

 

– Não sei, filho. Ainda não terminei de pagar…

 

 

Fonte: As melhores piadas do humor judaico – volume 2 / Abram Zylbersztajn.

 

 

Piada: Classificados

22/11/2012

Piada: Classificados

Toca o telefone na loja do Isaac:

 

– Alô, Sr. Isaac? Aqui é do serviço de telemarketing do Jornal dos Fatos. Como o senhor anunciou pela primeira vez em nosso jornal, gostaríamos de saber o resultado. O que o senhor achou dos nossos classificados?

 

– Eficientíssimos! Bastou anunciar que precisava de um vigia noturno e me assaltaram a loja na mesma noite!

 

 

Fonte: As melhores piadas do humor judaico – volume 2 / Abram Zylbersztajn.

 

Piada: O melhor presente

23/11/2012

Piada: O melhor presente

Os três filhos de Dona Sara prosperaram na vida e quando ela fez 90 anos decidiram dar presentes suntuosos à mãe.

 

Cada um se gaba do seu:

 

– Eu comprei uma Mercedes para a nossa mãe – disse Isaac.

 

– Eu comprei uma mansão – disse Jacó.

 

– Pois eu fiz melhor do que isso – Disse Davi – Bem, vocês sabem como ela gostaria de estudar a Torá, mas não pode por causa do estado precário de sua vista…

 

– E daí?

 

– Daí que eu dei a ela um papagaio capaz de recitar toda a Torá! Durante doze anos, contribuí com um milhão por ano para uma escola talmúdica em Israel; em troca, os rabinos treinaram o papagaio: basta a mamãe dizer o capítulo e o versículo, e o papagaio o recita.

 

Pouco tempo depois, cada um deles recebeu uma carta da mãe.

 

A primeira dizia o seguinte: “Jacó, a casa que você me deu é um estorvo! Ela é enorme, eu só uso um quarto, mas tenho que arrumar a casa inteira!”

 

A segunda: “Isaac, estou muito velha para viajar. Passo o tempo todo em casa, de modo que jamais utilizo a Mercedes. O motorista, aliás, é um grosso”!

 

E a terceira: “Querido Davi, você é o único filho que possui a sensibilidade e o bom-senso para saber o que agrada à sua mãe. O frango estava delicioso!”

 

Fonte: As melhores piadas do humor judaico – volume 2 / Abram Zylbersztajn.

 

 

Piada: O preço do milagre

24/11/2012

Piada: O preço do milagre

O sujeito vai a Israel visitar a família e aproveita para conhecer alguns lugares históricos: Jerusalém, Belém, o rio Jordão. Quando chega ao lago da Galiléia, resolve fazer um passeio de barco e pergunta quanto custa:

 

– Oitenta dólares a hora!

 

– Oitenta dólares? O senhor está maluco? É muito caro!

 

– Mas este é o lago onde Jesus andou sobre as águas!

 

– Também, pudera! Com esse preço!

 

 

Fonte: As melhores piadas do humor judaico – volume 2 / Abram Zylbersztajn.

 

 

Piada: Segunda opinião

25/11/2012

Piada: Segunda opinião

Dona Sara está muito nervosa, chorando muito. Seu marido Jacó fica preocupado e a leva ao psiquiatra.

 

Após uma longa consulta, o médico chama o marido para uma conversa em particular.

 

– Infelizmente, meu senhor, sua esposa está neurótica e precisa de um tratamento muito sério.

 

– Não é possível! Quero uma segunda opinião! – protesta Jacó.

 

– Pois não: ela também é feia à beça!

 

 

Fonte: As melhores piadas do humor judaico – volume 2 / Abram Zylbersztajn.

 

Piada: O sapo falante

26/11/2012

Piada: O sapo falante

Numa noite escura e fria, Sarinha caminhava sozinha por uma estrada quando quase tropeça num sapo, que lhe diz:

 

– Ei, garota! Por favor, me dá um beijo! Eu sou um príncipe que foi transformado em sapo por uma bruxa malvada! Se você me ajudar a virar gente outra vez, te darei tudo o que quiser! Meu reino, minha fortuna, o que você pedir… 

 

Sem dizer nada, a menina apanha o sapo do chão, guarda na bolsa e continua caminhando. O sapo começa a gritar, desesperado: 

 

– Ei! Espera! E o meu beijo? 

 

– Que beijo, que nada! – responde Sarinha. – E eu vou lá confiar em promessa de marmanjo? Prefiro faturar uma grana com um show de sapo falante!

 

Fonte: As melhores piadas do humor judaico – volume 2 / Abram Zylbersztajn.

 

Piada: Saúde

28/11/2012

Piada: Saúde

Jacó estava resfriado mas não queria gastar dinheiro com uma consulta. Resolve então procurar seu velho amigo, o Dr. Bronstein, e inicia um papo descompromissado. A certa altura da conversa, aproveita e faz a pergunta:

 

– Bronstein, me diz uma coisa: o que você faz quando está resfriado?

 

– Eu espirro, ora!

 

 

Fonte: As melhores piadas do humor judaico – volume 2 / Abram Zylbersztajn.

 

Piadas: Lógica implacável – A mãe – Pensando no futuro

29/11/2012

Piadas: Lógica implacável – A mãe – Pensando no futuro

Lógica implacável

 

– Isaquinho! Os meninos bem-educados nunca escolhem os melhores pedaços!

 

– Ah, é? E os melhores pedaços ficam pros mal-educados?

 

 

A mãe

 

A professora do Jacozinho manda um bilhete para o pai: “Jacozinho é um bom aluno, o único problema é que ele fala demais.”

 

No dia seguinte vem a resposta, em outro bilhete: “É porque a senhora não conhece a mãe dele.”

 

 

Pensando no futuro

 

A professora pergunta ao jovem Abrão:

 

– Abrãozinho, você também vai ser oftalmologista quando crescer, como seu pai?

 

– Não, vou ser dentista.

 

– Por quê?

 

– Porque as pessoas só têm dois olhos, mas têm trinta e dois dentes…

 

 

Fonte: As melhores piadas do humor judaico – volume 2 / Abram Zylbersztajn.